Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 02/09/2019

Agendas, caravanas e negócios: Cresol finaliza participação na 42ª Expointer

Compartilhe

Compartilhe

Após nove dias, a 42ª Expointer chegou ao fim no último
domingo e a Cresol alcançou os objetivos esperados na quarta participação na
feira, realizada em Esteio (RS). O espaço no Parque Assis Brasil ofereceu aos
mais de 400 mil visitantes do evento a chance de aproveitar as atrações no
estande, como o Drink nas Alturas, a Bike Pipoca e o Café Entre Amigos.

Em 2019, o espaço da Cresol na Expointer foi consolidado
como referência. Estiveram presentes 15 caravanas de associados e mais de 5 mil
pessoas se divertiram com as opções de entretenimento no espaço.

>>> CLIQUE AQUI E VEJA MAIS FOTOS

Durante a feira, a comitiva da Cresol participou de agendas
importantes. Encontros com BNDES, BRDE e a Ministra da Agricultura, Tereza
Cristina, ajudaram na relação com parceiros.

“A avaliação é extremamente positiva em diferentes aspectos.
No que diz respeito às ações que foram de encontro ao fortalecimento da marca,
os atrativos disponíveis, isso ajuda a projetar a marca Cresol. As agendas
foram momentos importantes que nos fazem aproximar com esses parceiros. Em nome
do Conselho de Administração, fica o agradecimento a todos, que de uma forma ou
de outra, contribuíram para a participação da Cresol na Expointer do tamanho
que foi”, avaliou o Presidente da Cresol Confederação, Cledir Magri.

A 42ª edição da Expointer também foi positiva na parte de
negócios. Segundo a organização da feira, houve um aumento de 17,37% em relação
ao ano passado nas vendas. Na Cresol, foram protocolados R$ 6 milhões,
resultado do planejamento e da dedicação da equipe comercial.

“A Expointer foi extremamente positiva no âmbito negocial se
comparada com anos anteriores. Estamos ano após ano qualificando a estratégia e
isso se transforma em negócios. O número de participantes que visitaram o
estande foi elevado, o que justifica e consolida a nossa ideia da participação
estratégica e demonstra que a Cresol passou a ser uma referência na feira”,
completou Cledir Magri.