Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 02/10/2017

Associado triplica produção de filés de peixe com apoio da Cresol

No início de 2017 a família Schuelter investiu na compra de equipamentos que dão maior automação no processamento da carne. A produção, que era de uma tonelada por semana, passou para três. Os recursos foram disponibilizados através do Pronaf.

Compartilhe

Compartilhe

Pensando em oferecer um futuro melhor para os filhos, o associado da Cresol Rio Fortuna, Edson Schuelter, abandonou a suinocultura para investir na produção de filés de tilápia. A decisão de abandonar a suinocultura veio da instabilidade no setor. “É uma atividade com muitos altos e baixos, além disso, é um mercado que está muito cheio”, destaca o associado. “O peixe parece ter um mercado a crescer”, acrescenta.
Edson, a esposa Teresinha Maria Preis e os dois filhos trabalham na propriedade. Por ano, são abatidas 150 toneladas de peixes. A família iniciou na piscicultura em 1992. No começo vendiam peixes vivos para os pesque pagues da região. Depois passaram a vender o peixe para frigoríficos, até que decidiram ter um na propriedade. “Tínhamos uma boa produção de peixe, mas só criávamos e destinávamos para o frigorífico. Precisávamos agregar mais valor ao nosso produto”, acrescenta.
Assim, há dois anos a família montou um frigorífico de peixe na propriedade e hoje, com o auxílio da Cresol, conseguiu triplicar a produção. No início de 2017 ele investiu na compra de equipamentos que dão maior automação no processamento da carne. A produção, que era de uma tonelada por semana, passou para três. Os recursos foram disponibilizados por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).
Associado da Cresol desde 2011, Schuelter recorreu à Cooperativa pelas facilidades que oferece. “A principal é a facilidade de conversa. Aqui todo mundo se conhece. Se fosse num banco seria bem mais complicado”, conta. O financiamento possibilitou que ele agilizasse o desejo de aumentar a produção. Antes disso já havia recorrido à Cresol para adquirir novos equipamentos para os açudes da propriedade. Já para o futuro pretendem conseguir o Selo de Inspeção Estadual. “Teríamos um custo mais alto e precisaremos de um giro maior para compensar este custo”, informa.
A Cresol oferece aos associados linhas de financiamentos pelo Pronaf para investimento e custeio. Os juros variam de 2,5 a 5,5% ao ano, dependendo da finalidade do empréstimo. O prazo para pagamento, no Pronaf Investimento, é de até dez anos. Já no custeio é até um ano. “Cada vez mais estamos desburocratizando estas questões. Nós mesmos fazemos os projetos aqui na Cooperativa, assim como também recebemos projetos oriundos de terceiros, tudo para facilitar para os nossos associados”, explica a técnica agrícola da Cooperativa em Rio Fortuna, Maira Sehnem Silvano May.

Serviço – Para mais informações sobre as linhas disponíveis no Pronaf, entre em contato com a Cresol mais perto de você. Em Rio Fortuna o telefone é (48) 3653-1342. Já em Grão-Pará o número é 3652-1255.

 

Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS