Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 20/04/2018

Atividades e visitas técnicas são promovidas pela Cresol Confederação

Compartilhe

Compartilhe

Visando
fortalecer o relacionamento com importantes agentes, bem como
qualificar processos e equipes, a Cresol Confederação realizou,
nesta semana, agendas técnicas e visitas a instituições parceiras.
Estiveram envolvidos nas atividades representantes da Confederação
e das Centrais filiadas.

Workshop
sobre
Poupança Rural e LCA
Na
terça-feira, dia 17, realizou
-se
um
workshop
técnico sobre
o
tema “Poupança Rural e LCA como alternativas para captação de
recursos pelo Sistema Cresol”
.
Na oportunidade, estiveram presentes representantes
das
áreas técnicas

das Centrais filiadas à Cresol Confederação, sendo a Cresol Baser,
a Central Cresol S
C/RS,
a Cresol Sicoper
e
a Central Ascoob
.
A
atividade aconteceu no Centro Administrativo da Cresol Sicoper, em
Chapecó (SC)
e
foi presidida pelo assessor
da
Cresol Confederação,

Gilson Alceu Bittencourt
.

V
isitas
a agentes e parceiros

nos
dias
17
e 18 de abril,
o
Diretor-Presidente,
Cledir
Magri,
e
o
assessor da Cresol Confederação,

João
Luiz
Guadagnin,
juntamente
com representantes das Centrais Cresol SC/RS e Cresol Sicoper,

Claudio
Risson
e
Braulio
Zatti,
respectivamente,
participaram de agendas em Brasília (DF).
A
primeira atividade ocorreu n
a
Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento
Agrário (Sead), com foco nas tratativas para o próximo Plano Safra,
no que diz respeito às taxas de juro, enquadramento, limite de
crédito, montante de recursos disponíveis para a agricultura
familiar. Ainda,
discutiu-se
sobre o
retorno
no
andamento das negociações sobre equalização de recursos para a
Cresol nos recursos próprios, bem como junto ao BNDES.

Em
um segundo momento, a comitiva esteve n
o
Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA),
para
tratar de temas como o
Plano
Safra para os grandes produtores, Pronamp Custeio
e
taxas de juros. O
assunto
foi levantado
acerca
d
o
atual panorama da “Crise do Alho”, em especial na região
serrana. Ainda, falou-se sobre questões que tangem às datas das
Notas Fiscais em operações de Pronaf Custeio.

Na
terceira agenda,
o
grupo

esteve no Ministério da Fazenda, tratando sobre
o
volume
de recursos para subvenção para o BNDES e para a Cresol, taxas de
juros para o próximo Plano Safra, proposições de mudanças no
enquadramento via Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), bem como
questões que tangem às datas das Notas Fiscais em operações de
Pronaf Custeio.

Na
última
atividade,
realizada no Banco Central do Brasil,
foram
abordados tópicos sobre
a
Poupança Rural
e
Plano Safra com o Departamento de Regulação, Supervisão e Controle
das Operações do Crédito Rural e do Proagro (Derop). Em todas
agendas, articulou-se uma visita dos órgãos às Centrais de Crédito
integrantes
à
Cresol Confederação
.

Cledir
Magri destaca que estas são agendas importantes e estratégicas, em
vista de continuar incidindo na elaboração e na produção de
grandes políticas para a agricultura familiar, principalmente no que
diz respeito ao Pronaf e especialmente nesse momento que se desenha o
próximo Plano Safra. Destacou ainda que fica claro, perante estes
agentes, a credibilidade, o reconhecimento e a valorização da
história que está sendo construída pela Cresol Confederação, na
lógica de bem atender as necessidades dos agricultores. “Quando
fazemos agendas desta natureza, nos impõe a necessidade de reafirmar
nosso compromisso, de ser uma referência no que diz respeito à
operacionalização do crédito agrícola, atender as expectativas
dos associados e estar envolvida em soluções de situações, como a
Crise do Alho, participando ativamente”, frisa Magri.