Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 15/01/2014

Bananicultura

Agricultores de Jaraguá do Sul/SC movimentam a economia local através da produção de bananas
Bananicultura

Compartilhe

Compartilhe

Apesar do perfi industrial, Jaraguá do Sul em Santa Catarina possui o setor primário ativo e que movimenta uma economia de R$ 30 milhões por ano

Desde meados da década de 1970, Jaraguá do Sul não é mais um município agrícola. Foi naquele período que a cidade acompanhou o desenvolvimento das indústrias e, consequentemente, perdeu força no campo. No entanto, a produção rural ainda é um dos segmentos que mais emprega e vem ganhando novo fôlego graças a diversas iniciativas. Com uma área de 402 quilômetros quadrados destinada à agricultura, segundo o Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a cidade conta com pouco mais de dez mil pessoas residentes nessas terras. Do lado contrário, na região urbana, composta de 127 quilômetros quadrados, estão concentradas 130 mil jaraguaenses.

De acordo com levantamento da Secretaria de Agricultura, as principais atividades desenvolvidas no meio agropecuário são a bananicultura, a rizicultura, a bovinocultura de leite e de corte, piscicultura e a plantação de mandioca, eucalipto, pinus e de palmáceas. Juntas, elas ocupam 22,5 mil hectares. Ainda há outras que merecem ser listadas pela significativa produção local, como o cultivo de hortaliças, de frutas, como uva, goiaba, tangerina, laranja, limão, anona, acerola e amora preta, de palmito para extração de polpa, plantas ornamentais, gramíneas e produtos agroecológicos certificados.

Diante de uma produção tão vasta, a movimentação econômica também tem representatividade. Isso porque, ela gira em torno dos R$ 30 milhões anuais, montante que deve proporcionar a Jaraguá do Sul um retorno de ICMS em R$ 800 mil.

O principal produto

Segundo dados do governo municipal, a banana é o produto mais importante na agricultura jaraguaense. Na cidade, a bananicultura significa ocupação para 250 famílias, ou seja, emprega 1.250 pessoas. Esses trabalhadores geram uma produção anual de mais 50 mil toneladas da fruta.

Cresol

A Cooperativa Cresol está presente no município de Jaraguá do Sul com duas unidades de atendimento ligadas a Cresol de Schroeder buscando atender cada vez mais e melhor o produtor rural e também a população. O objetivo da Cresol é cada vez mais estimular os investimentos na propriedade e a permanência do agricultor no campo, produzindo alimentos para toda uma nação.