Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 31/10/2017

Caprichando a Morada resgata autoestima e cuidados com a natureza

Mais do que incentivar associados a terem um jardim bem cuidado, o projeto Caprichando a Morada, da Cresol de Rio Fortuna, busca resgatar a autoestima de quem vive no campo, aliada aos cuidados com a natureza.

Compartilhe

Compartilhe

Mais do que incentivar associados a terem um jardim bem cuidado, o projeto Caprichando a Morada, da Cresol de Rio Fortuna, busca resgatar a autoestima de quem vive no campo, aliada aos cuidados com a natureza. Foi o que ocorreu com o associado de Rio Fortuna, Lucas Hemkemeier, que em três edições conquistou o primeiro lugar no concurso. A transformação na propriedade – e na vida do produtor de leite – foi tamanha que nesta quinta edição ele é o padrinho do projeto.
As primeiras mudanças na propriedade em que ele mora com a mãe, Albertina Effting Hemkemeier, na comunidade de Rio Claro, começaram um pouco antes do lançamento do Caprichando a Morada. “Mas foi com ele que ganhou força. O projeto me deu mais ânimo, criou uma expectativa naquilo que eu estava fazendo”, conta. Em 2012, na primeira edição do concurso, Lucas foi o 10º colocado. Foi o incentivo que precisava para em 2013, 2014 e 2016 conquistar o primeiro lugar. Em 2015 o concurso não foi realizado.
A mesma expectativa que o motivava a participar do Caprichando a Morada, Lucas sentiu nos participantes da quinta edição do projeto. “Como padrinho, estive duas vezes nas propriedades. Na primeira apresentamos o projeto e as regras do concurso. Na segunda fomos para avaliá-las”, conta. “Percebi uma mudança muito grande. Foi prazeroso ver estas mudanças e ver que as pessoas se sentiam realizadas com o que fizeram” acrescenta.
Para Hemkemeier, a maioria das pessoas que vive no meio rural está mais focada na atividade do que ao redor da casa. “Elas dedicam mais tempo aos bichos do que a eles próprios. A gente via na maior parte das propriedades as vacas mais felizes que os donos” conta. Para Lucas, é o capricho com a propriedade que o motiva a manter-se na atividade rural. “É isto que me dá vontade de ficar aqui, mesmo nos momentos de crise” acrescenta.
O Caprichando a Morada incentiva, além do embelezamento dos jardins, os cuidados com o meio-ambiente, a produção de frutas e verduras, o melhor aproveitamento dos recursos naturais, além da melhor organização da propriedade. Em 2017 também motivou os participantes a praticarem a solidariedade por meio da arrecadação de roupas, alimentos e produtos de higiene e limpeza que foram doados a entidades e famílias. No próximo dia 3 de novembro, sexta-feira, os vencedores da quinta edição do concurso serão anunciados. Ao todo, 42 associados de Rio Fortuna e de Grão-Pará, participam do projeto. “A premiação é apenas uma forma de incentivo para aqueles que no dia a dia buscam viver com mais qualidade de vida, em uma propriedade organizada e embelezada”, destaca a diretora- presidente da Cresol Rio Fortuna, Miriane Dela Justina Moreira.

 


 

Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS