Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 05/09/2016

Colaboradora da Cresol Central defende dissertação na Unochapecó

O objetivo geral da pesquisa foi analisar como as organizações sociais representativas da agricultura familiar na região Oeste de Santa Catarina reconhecem e enfrentam a problemática da falta de sucessão familiar no meio rural.

Compartilhe

Compartilhe

“É preciso crer para ver”: atuação das organizações sociais do Oeste Catarinense frente à sucessão familiar no meio rural. Este é o título da dissertação da colaboradora da Cresol Central Ana Grando, defendida e aprovada no dia primeiro de setembro na Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó). O trabalho é fruto de uma pesquisa de mestrado do curso de pós-graduação stricto sensu em Políticas Sociais e Dinâmicas Regionais.
O objetivo geral da pesquisa foi analisar como as organizações sociais representativas da agricultura familiar na região Oeste de Santa Catarina reconhecem e enfrentam a problemática da falta de sucessão familiar no meio rural.  Segundo Ana, a problemática pesquisada atende a uma emergência dos graves problemas de reprodução social que a agricultura familiar enfrenta pela falta de sucessores, dificultando a continuidade de um projeto de desenvolvimento social, da qual grande parte das organizações sociais do oeste de Santa Catarina têm se ocupado desde sua concepção nas décadas de 1970 e 1980.
Participaram da pesquisa nove organizações sociais da agricultura familiar, um pesquisador e uma empresa pública. “Como resultados pudemos identificar a importância dos espaços de representação social da agricultura familiar como articuladoras e provedoras de políticas públicas. Embora tenha avançado nos últimos 20 anos em aplicações de políticas públicas, observa-se que ainda é baixa a incidência estrutural das políticas e das ações promovidas para a continuidade da agricultura familiar, uma vez que as mesmas estão desarticuladas e são ações pontuais”, destaca Ana.
A dissertação teve como orientadora a professora Dra. Márcia Luiza Pit Dal Magro e co-orientadora Dra. Rosana Maria Badalotti. A Banca Examinadora foi formada pela Doutora em Antropologia Social, Arlene Anélia Renk  e pelo Doutor em Desenvolvimento Rural, Marcio Gazolla.
 

Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS