Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 30/08/2016

Contratos com BNDES são assinados durante Expointer

Sete agricultores associados a Cresol assinaram contratos de Pronaf B, Custeio e Investimento, através da parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Compartilhe

Compartilhe

    Sete agricultores associados a Cresol assinaram contratos de Pronaf B, Custeio e Investimento, através da parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O ato ocorreu nesta segunda-feira (29/8), durante a 39º Expointer, em Esteio/RS.
O diretor da Área de Operações Indiretas (AOI) do BNDES, Ricardo Ramos, agradeceu a Cresol, salientando que é através das cooperativas que o BNDES tem possibilidade de cumprir parte de sua missão que é chegar no microempreendedor. “A Cresol é vista pelo BNDES como excelente agente financeiro”, disse. Segundo o diretor, a Cresol possibilita que o BNDES chegue na ponta, no “pequeno”, com qualidade. Em contrapartida, o diretor presidente da  Cresol Central SC/RS, Rudemar Casagrande, destacou a importância de se levar o crédito até o agricultor para proporcionar a melhoria na renda. Para isso, salientou o papel do BNDES, pois a parceria com o mesmo tem um significado expressivo para os agricultores familiares.
Representando os sete agricultores beneficiários, o sócio da Cresol PA Antônio Prado, Eduardo Pontel, falou da importância do crédito acessado na Cresol, através da fonte BNDES.
A família Pontel trabalha há 18 anos com experiências agroecológicas. Produz uma grande  diversidade de produtos 100% ecológicos. Eduardo ressaltou a importância da Cresol para o desenvolvimento da atividade. “A Cresol é importante, pois foi através dela que conseguimos linhas específicas de crédito para custeio e investimento agroecológicos. Foram financiados pela Cresol um galpão e uma camionete para transportar os produtos para a feira ecológica em Porto Alegre”.
Eduardo relatou que antes de adquirir a camionete, eles tinham que levar os produtos até a cidade, onde era fretado um caminhão em que era dividido o frete entre os cinco expositores da cooperativa. Além do gasto com o frete, ainda havia o gasto com passagens de ônibus para que a família pudesse ir para a feira. Com a aquisição da camionete, que foi possível através do Pronaf pelas taxas de juros menores, a família carrega os produtos na propriedade e já vai direto para Porto Alegre. “Além de baixar o custo do frete, economizamos com os custos que tínhamos das passagens. Só com o que economizamos conseguimos pagar as parcelas da camionete”, ressaltou o produtor. Ele ainda comentou feliz que com incentivos como o Pronaf e as melhorias que podem ser feitas, será mais fácil manter o jovem no campo, como é o caso de sua filha Natana.
No ato realizado ontem, Eduardo assinou um novo financiamento. Agora para custeio de  maçã, pêssego e mandioquinha.
Contratos assinados
Além de Eduardo, outros cinco associados da Cresol Central SC/RS assinaram operações através da parceria com o BNDES nesta segunda-feira. Um deles é
Valmir Rodrigues, sócio fundador da Cresol Encostas da Serra Geral, que assinou um Pronaf Custeio  para a construção de um aviário para frango orgânico de 600 metros quadrados.  Ele reside em Rio Santo Antônio, no município de Santa Rosa de Lima. Ele comentou que o filho Geovani queria sair da propriedade, mas com o financiamento do aviário para criação de frango orgânico, principal produção há dois anos, o jovem resolveu permanecer com os pais. A intenção inclusive é no próximo ano colocar mais um aviário. Para Valmir, a Cresol veio para ajudar o agricultor. “Antes não tínhamos acesso ao Pronaf e outros financiamentos”, destacou.
Já Claudimar Jose Basso, sócio da Cresol Aratiba,  fez um Pronaf Investimento para aquisição de um vagão forrageiro. A família possui em sua propriedade um plantel de bovinos de alta qualidade genética e um número considerável de animais, demandando tempo o serviço de desensilar, além do desgaste físico. Assim, com a aquisição do vagão forrageiro, o desensilamento se tornará um processo mais rápido e menos árduo, permitindo ainda fazer uma mistura homogênea de feno e ração juntamente com a silagem, proporcionando um melhor aproveitamento desta alimentação para os animais.
Outro agricultor beneficiado é Wilmar Pauletti, associado a Cresol PA de Ipê, que investe há vários anos na produção agroecológica. Trabalha com as culturas de uva, maçã e amora, onde toda a mão de obra é familiar. A família possui na propriedade uma câmera fria e um galpão para armazenamento das frutas, financiados pela Cresol. Eles possuem também uma agroindústria onde produzem polpas de frutas. Toda a diversidade de produtos que são produzidos na propriedade são 100% ecológica. O contrato assinado na Expointer com o BNDES é um Pronaf Custeio de Uva ecológica.
Já Juciano Pacheco, sócio da Cresol Jaguaruna, é pescador há aproximadamente 10 anos e contratou um Pronaf Investimento que tem por finalidade a construção de uma unidade de beneficiamento de pescados, visando a modernização da propriedade pesqueira e consequentemente aumentando a renda familiar. O mesmo já possui outro empreendimento financiado com créditos do Pronaf, relativo à modernização da atividade com construção de galpão de madeira para preservar os botes utilizados na atividade pesqueira.
Outra operação contratada é de Pronaf B. A beneficiária foi Maria Raquiel Weiss Unfer, associada da Cresol PA Quarta Colônia. A família de Maria trabalha com as culturas de milho e fumo. Possui pomar onde produzem pêssego, laranja, carambola e bergamota. Tem estufa com morango e tomate. Agora pretendem trabalhar com uma atividade nova: abelhas. Para isso, estão fazendo um Pronaf Investimento, junto à Cresol, através do BNDES, para a compra de 15 caixas de abelhas e uma moto poda marca Sthil. A propriedade está localizada na linha Araçá, município de Agudo/RS.
O outro contrato assinado foi de Renato Krupeka, da Cresol Prudentópolis/Paraná. O mesmo é para custeio agrícola para lavoura de feijão. Estiveram presentes  no ato de assinaturas, o diretor da Área de Operações Indiretas (AOI) do BNDES, Ricardo Ramos,  o superintendente da AOI, Marcelo Portero, o chefe do departamento de relações Institucionais e Gestão de Crédito Rural (DRAI), Carlos Vianna, os diretores-presidentes das centrais que compõe a Cresol Confederação, entre outras lideranças.

 

Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS