Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 15/04/2016

Cooperativas do Nordeste tem avaliação positiva

Sistema Cresol Central já tem três anos de atuação na região

Compartilhe

Compartilhe

Com a Assembleia Geral Ordinária (AGO) da Cresol Petrolina realizada na segunda-feira (11), encerraram-se as assembleias da região Nordeste deste ano. A Cooperativa Central de Crédito Rural com Interação Solidária (Cresol Central SC/RS) possui oito cooperativas associadas naquela região: Tabocas do Brejo Velho, Bom Conselho, Petrolina, Flores, Oliveira dos Brejinhos, Araripe, Serra Geral e Sertão Central. Estiveram presentes nas assembleias aproximadamente 1300 associados. A avaliação com relação ao ano de 2015 foi positiva.
As sobras totais, incluindo as  oito cooperativas do Nordeste no ano de 2015, foram de aproximadamente R$ 125 milhões. Todas as cooperativas obtiveram fechamento positivo. Além disso, segundo dados da Cresol Central, as cooperativas do Nordeste tiveram aumento de 14% no número de associados em relação a 2014 e de 198,84% em relação a 2013, quando o Sistema foi implementado na região. O patrimônio de referência teve evolução de 57,76% em relação a 2014 e  248% comparado a 2013. Já a Carteira Total teve crescimento de 38,35% em 2015 em relação a 2014 e 167,60% em relação a 2013.
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STTR) de Petrolina e Conselheiro Fiscal da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Pernambuco (Fetape), Francisco Cipriano Pascoal,  destacou que a chegada da Cresol Central no Nordeste, especialmente Pernambuco, proporcionou estímulo aos associados. “Pudemos ver as cooperativas se erguendo, ficando mais fortalecidas nessa luta. A expectativa dos associados é cada vez mais de participar”, frisou. Ele salientou que a Cresol Central proporcionou crescimento para as cooperativas, mostrando que é viável o cooperativismo no Nordeste.
O projeto de expansão da Cresol Central para outras regiões brasileiras foi aprovado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em dezembro de 2012. O objetivo do projeto é de promover a inclusão produtiva por intermédio da expansão do crédito, do cooperativismo e da realização de investimentos coletivos para o combate a pobreza rural, especialmente nos territórios da cidadania nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Bahia, Ceará e Pernambuco.

Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS