Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 16/09/2014

Crédito Solidário

Cooperativas Cresol liberam mais de R$135 milhões em dois meses de safra
Crédito Solidário

Compartilhe

Compartilhe

Nos dois primeiros meses da safra atual, as Cooperativas Cresol já liberaram mais de R$ 135 milhões de reais aos agricultores familiares, através do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) – para aumento da produção e compra de máquinas e equipamentos a juros baixos.

De 1º de julho a início de setembro deste ano foram realizados aproximadamente dez mil contratos. Atualmente as liberações compreendem mais de R$ 129 milhões em custeio e R$ 6 milhões em investimento repassados aos cooperados.

Em apenas um único dia o Sistema Cresol Baser, liberou o montante de R$ 68 milhões em recursos aos cooperados Cresol, um esforço da desburocratização do crédito por meio dos colaboradores das cooperativas, carteira de crédito e área de tecnologia da Central Cresol Baser.

O papel do crédito rural é o de gerador de oportunidades, aproximando o beneficiário das políticas que estimulam investimentos em avanços tecnológicos, modernização e melhorias nas estruturas das propriedades, auxiliando e estimulando a permanência e sucessão na agricultura familiar.

As Cooperativas Cresol são um canal, ferramenta de aproximação do Programa Nacional da Agricultura Familiar (PRONAF), aos agricultores facilitando o acesso ao crédito, transformando as propriedade em fonte de renda, com qualidade de vida e desenvolvimento social.

A criação do Pronaf B, foi uma novidade na safra 2013/2014, destinada a atender os pequenos produtores rurais, com recurso a um custo baixo e com bônus de adimplência. Nesta nova safra a Cresol já liberou mais de R$ 70 mil reais em operações do Pronaf B.

Os valores repassados e aplicados em custeio e investimento representam o desenvolvimento dos cooperados, onde os recursos disponibilizados aos agricultores atendidos pela Cresol, geram crescimento tanto no campo quanto na cidade.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Agrário neste início de safra, os agricultores familiares acessaram R$ 5,36 bilhões por meio do Pronaf, o valor representa 22% dos R$ 24,1 bilhões previstos no Plano Safra 2014/2015.