Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 18/05/2015

Crédito Solidário

A interação solidária transforma o crédito em ferramenta de desenvolvimento da agricultura familiar
Crédito Solidário

Compartilhe

Compartilhe

As Cooperativas buscam por meio do repasse do crédito, seja através de Programas do Governo, ou recursos financeiros viabilizados de outras fontes, valorizar e fortalecer as organizações locais.

A presença da Cresol nos municípios dinamiza a autonomia econômica e financeira, fazendo com que o crédito solidário seja um instrumento de desenvolvimento e renda.

Nesses 20 anos a Cresol tornou-se referência em crédito rural e por meio de ações e políticas de fortalecimento o agricultor familiar pode crescer e desenvolver, investindo na propriedade e produzindo cada vez mais.

Políticas Públicas

O desafio do Crédito Rural para a Agricultura Familiar é, antes de tudo, o desafio da produção de alimentos para toda uma nação. Em um cenário onde o agricultor familiar é o responsável por mais de 70% da produção dos alimentos que estão na mesa dos brasileiros, o crédito para investir, crescer e desenvolver essa agricultura é um fator fundamental.

O papel do crédito rural é o de gerador de oportunidades, aproximando o beneficiário das políticas que estimulam investimentos em avanços tecnológicos e melhorias nas estruturas das propriedades, mas muito, além disso esse crédito que traz a modernização do campo também auxilia e estimula sua permanência na agricultura, e fortalece o processo de sucessão na agricultura familiar.

Em 20 anos as Cooperativas Cresol atuam como uma ferramenta de aproximação das políticas públicas aos agricultores familiares fazendo com que por meio do acesso a elas os agricultores consigam transformar suas propriedade em fonte de renda, com qualidade de vida e desenvolvimento social.

O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar – PRONAF é um programa do Governo Federal criado em 1995, com o intuito de atender de forma diferenciada os pequenos produtores rurais que desenvolvem suas atividades mediante emprego direto de sua força de trabalho e de sua família.

O Pronaf foi uma das primeiras políticas públicas que surgiram em benefício a Agricultura Familiar, e a partir do Pronaf desencadearam-se as demais ações visando o fortalecimento e crescimento da Agricultura Familiar. Ao longo dos anos o Programa sofreu adaptações e melhorias, algumas melhorias possibilitaram um aumento significativo dos créditos para a Agricultura Familiar e uma menor taxa de juros. Tudo isso, atrelado ao crédito justo e de qualidade fez com que os cooperados da Cresol tivessem uma melhoria na qualidade e na agilidade da contratação dos recursos, tanto de investimento como de custeio.

O Pronaf abrange Programas como o Mais Alimentos, onde através deles os cooperados da Cresol tem acesso a linhas de investimento específicas para estruturarem sua produção. Possui ainda linhas de recursos específicos como o Pronaf Mulher, Pronaf Jovem, Pronaf Eco e Agroecologia. Todas têm objetivo de facilitar os investimentos e financiar atividades que incentivem práticas ecologicamente corretas, e uma renda extra para a família.

Em 20 anos as Cooperativas Cresol apresentaram números expressivos nos repasses, onde foram liberados mais de R$ 5,4 bilhões de reais através do Pronaf.

Os valores de repasse em custeio e investimento representam o desenvolvimento do cooperado, onde cada real colocado na mão dos agricultores familiares atendidos pela Cresol, geraram desenvolvimento não somente no campo, mas em toda região em que a cooperativa está inserida.

As políticas públicas ajudam a escrever uma história de conquistas para a agricultura familiar. Elas são referências de crescimento, desenvolvimento com um novo olhar para o rural.

Em 20 anos podemos destacar a amplitude das políticas públicas, abrangendo diferentes áreas da Agricultura Familiar brasileira, como ações voltadas a Habitação Rural, programas que facilitam e dão novos caminhos a Assistência Técnica, com incentivos e novos direcionamentos os produtos da Agricultura Familiar também foram grandes beneficiados com as políticas públicas, com o surgimento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), e iniciativas como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), o Programa de Garantia Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF) e o Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (PROAGRO).

Por meio destas e de outros programas e projetos o crédito tem um papel fundamental para o crescimento e desenvolvimento do agricultor familiar e da economia local.