Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 01/11/2016

Cresol Central: 12 anos oferecendo alternativas para a agricultura familiar

Nesta terça-feira (1/11), em comemoração do aniversário, foi realizado um Café Colonial na Cresol Central com a presença de colaboradores e diretores.

Compartilhe

Compartilhe

Um momento de comemoração de uma conquista coletiva, construída dia a dia, cultivada por um grupo de agricultores que acreditou em uma nova forma de construir a sociedade e organizar-se, através de princípios e práticas de solidariedade. Assim, pode ser definida a comemoração dos 12 anos de constituição do Sistema Cresol Central SC/RS. A Cresol é filha da luta, da coragem e determinação dos agricultores familiares. É filha da vontade e do desejo da busca da igualdade, dos direitos sociais, de um mundo melhor para todos. Começou pequena, com muito esforço e com poucas condições, mas com a coragem de cada um em construir esse Sistema que traria alternativas para a agricultura familiar.
O Sistema Cresol Central constituído em 1º de novembro de 2004 nasceu com a missão de fortalecer e estimular a interação solidária entre agricultores e cooperativa através do crédito orientado e da educação financeira com a construção do conhecimento, visando o desenvolvimento sustentável.
Nesta terça-feira (1/11), em comemoração do aniversário, foi realizado um Café Colonial na Cresol Central com a presença de colaboradores e diretores. Os diretores Miguel Steffens, Bráulio Zatti, Rivaldo Ferron, Elias de Souza e Rudemar Casagrande destacaram a história de luta do Sistema Cresol Central. Reforçaram que os 12 anos são de constituição do Sistema, mas que a luta é bem mais antiga. Comentaram sobre as dificuldades iniciais dos agricultores que se engajaram neste objetivo, das vezes que dormiram desabrigados na luta por melhores condições, entre outros desafios. Os diretores destacaram a importância que a Cresol teve para o acesso ao crédito de muitas pessoas que até então eram excluídas.
História pelos colaboradores
O colaborador Cristiano Spier comenta que inicialmente a equipe era pequena. “Tudo muito simples, não tínhamos recursos. Hoje temos vários carros, estrutura boa, auditórios. Na época era tudo muito pequeno, apertado, faltava bastante recurso, mas o espírito de parceria, a união, um ajudava o outro. E o trabalho sempre melhorou”, relata. “Hoje está muito mais fácil, claro que tem o que melhorar, é um processo em construção, mas melhorou muito. Desde o início sempre procuramos trabalhar com simplicidade. Essa simplicidade determinou o sucesso da Cresol. O ambiente é de companheirismo onde todo mundo pega junto”, complementa Cristiano.
Quem também relata as dificuldades iniciais é o colaborador Roque Nadal que está na Cresol Central desde o início do Sistema. “Muitas vezes precisávamos dividir mesas, computadores, pelo espaço e falta de equipamentos. Foi difícil até que a sala onde atualmente está a Cresol, o primeiro piso, ficasse pronta. Não tínhamos carro para se deslocar, muitas vezes viajando com os carros das cooperativas, de ônibus. Foi difícil para chegar onde chegamos”, lembra. “Hoje estamos com número maior de cooperativas e um número expressivo de agricultores associados. Isso é fruto de muito trabalho, mesmo sofrido”, analisa Roque. “Na Cresol você não é apenas um colaborador, você faz parte do Sistema, é ouvido, apresenta ideias e há um bom relacionamento entre os colegas”, ressalta.
Em 2004, quando constituída, a Cresol Central contava com quatro Bases Regionais de Serviço, 206 colaboradores, 22 mil sócios, 34 cooperativas singulares e 12 Postos de Atendimento (PA’s). Atualmente são 41 cooperativas singulares afiliadas, 98 Postos de Atendimento, 5 Bases Regionais de Serviços, mais de 1000 colaboradores e diretores que oferecem atendimento a cerca de 500 municípios de pequeno e médio porte de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Nordeste.
Veja fotos do evento em nossa página do facebook: @sistemacresolcentral.
 

Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS