Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 29/07/2016

Cresol Central participa de Fórum de Gestão de Crédito Rural

O diretor de Fomento à Negócios da Cresol Central SC/RS Bráulio Zatti e o coordenador Etileiver Paludo participaram do Fórum de Gestão de Crédito Rural, realizado no BNDES nesta quarta-feira (27/7).

Compartilhe

Compartilhe

O diretor de Fomento à Negócios da Cresol Central SC/RS Bráulio Zatti e o coordenador Etileiver Paludo participaram do Fórum de Gestão de Crédito Rural, realizado no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (27/7). Na oportunidade, o BNDES abordou as mudanças do crédito rural no ano agrícola 2016/2017 com as instituições que o operam. Foram apresentados números da última safra, principais agentes operantes, maiores tomadores de recursos, divulgação do BNDES, nova estruturação, entre outros pontos. A atividade foi coordenada por Carlos Vianna, Marcelo Porteiro e Tiago Peroba. 
Zatti comenta que o evento que reuniu todos os Sistemas Financeiros que possuem parceria com o BNDES, faz parte de uma prestação de contas do que foi realizado dentro do ano agrícola. Ele enfatizou a importância que o BNDES tem dado em relação ao crédito agrícola, tanto do Pronaf como as demais linhas, tanto de Custeio como Investimento. “Para nós da Cresol Central isso tem sido determinante, não apenas por estarmos lá fazendo parte deste processo, mas pela importância que esses recursos têm, pela ação do BNDES no contexto de estar apoiando a agricultura familiar”, frisa.
Ao mesmo tempo, para Zatti esses debates que ocorrem com o BNDES a cada quatro meses, faz com que a Cresol consiga colocar as suas ideias em relação a melhoria do Pronaf, a qualificação dele, a agilidade, as questões problemáticas para que assim se possa ter além de mais recursos, também ter mais agilidade na liberação dos mesmos. “Queremos que esse recurso venha com cada vez menos burocracia e que possa chegar mais rápido e com efeito muito mais positivo nas mãos dos nossos milhares de agricultores familiares”, destaca o diretor. Para Zatti essa atividade serve também para aproximar a Cresol Central do BNDES e “assim contribuirmos para melhorar o crédito rural”.

Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS