Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 24/12/2015

Cresol Central reivindica o pagamento do Programa Gaúcho de Microcrédito

A suspensão do desconto ocorreu devido aos índices de inadimplência

Compartilhe

Compartilhe

Nesta quarta-feira (23/12), representantes da Cresol Central em conjunto com cooperativas de crédito rural, instituições de crédito comunitário e Confesol se reuniram com o secretário da Casa Civil, Márcio Biolchi, para tratar sobre o Termo de Convênio assinado entre o Estado gaúcho, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia e o Banrisul, relativos à execução, por parte das Cooperativas de Crédito,  e das Instituições de Crédito Comunitário, do Programa Gaúcho de Microcrédito.
Na ocasião foi reivindicado junto a Biolchi a manutenção do Programa, o pagamento imediato da remuneração do montante atrasado que chega a R$ 12 milhões de reais e a revisão do contrato assinado entre o Estado e o Banrisul. O secretário se comprometeu em articular o encaminhamento para construir uma solução e deixou agendado uma nova reunião, na quarta-feira (30/12), com a direção do Banrisul e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico.
O Programa Microcrédito é uma linha de financiamentos que concede empréstimos de pequeno valor a microempreendedores formais e informais de forma individual ou associativa, e até o momento já liberou R$ 571 milhões de reais em 109 mil operações de crédito para os setores de serviços, indústria, comércio e agricultura. O diretor de Fomento à Negócios da Cresol Central, Braúlio Zatti, ressalta que o “Programa é de grande importância para os associados da Cresol Central, pois ele permite que os pequenos empreendedores rurais tenham condições de iniciar e dar continuidade aos seus investimentos”, declara Zatti.
Além da Cresol Central participaram do encontro as Cooperativas Crehnor Central, Central Cresol Sicooper, Ecc-Central/RS, ICC MAL – CE/RS, Portosol, Adescan e Confesol.

 

Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS