Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 25/04/2018

Cresol Central SC/RS prossegue com trabalho de base com mulheres cooperativistas

A Cresol Central SC/RS tem buscado ações e estratégias para promover o debate e a democratização da participação das mulheres nas cooperativas e na sociedade.

Compartilhe

Compartilhe

    A Cresol Central SC/RS tem buscado ações e estratégias para promover o debate e a democratização da participação das mulheres nas cooperativas e na sociedade.  Sendo assim, foi realizado um encontro na última segunda-feira (23/04) a fim de dar continuidade ao trabalho de base com mulheres cooperativistas. Na oportunidade foi apresentado o projeto às mulheres presentes, bem como realizado o encaminhamento das próximas ações: formação do coletivo de mulheres em cada cooperativa, organização de um encontro na Cresol Central em outubro e participação no Seminário Internacional de Cooperativismo de Crédito Solidário que será realizado em novembro, em Chapecó.
    O objetivo é valorizar o processo em construção sobre a importância do papel da mulher cooperativista no Sistema Cresol Central SC/RS. Além disso visa construir um processo de animação e organização das e com as mulheres cooperativistas; estimular a liderança das mulheres cooperativistas por meio de rodas de diálogos, encontros territoriais e seminários temáticos; proporcionar encontros territoriais visando a autovalorização/autoestima e a qualidade de vida da mulher cooperativista; oferecer ampliação de espaços de qualificação cooperativista, através de seminários temáticos, buscando conscientizar e organizar as mulheres para atuarem de forma comprometida e participativa nas cooperativas; e oportunizar espaços de intercâmbio de experiências com oficinas que possibilitem um maior conhecimento da realidade da mulher cooperada.
    Durante o I Seminário Internacional do Cooperativismo de Crédito Solidário, realizado em julho de 2017, representantes de diversas organizações se reuniram e se propuseram a ampliar e continuar o debate de gênero e a participação da mulher como central na agenda das organizações participantes; da mesma maneira apontaram a necessidade de dar continuidade e aprofundar o debate sobre a participação equitativa de gênero na direção das organizações; e afirmar a necessidade de espaços de encontro, de organização e de discussão das mulheres que atuam no cooperativismos solidário.    Nesse sentido, pretende-se possibilitar a continuidade desse processo fomentando, qualificando e ampliando o trabalho de base com as mulheres.
 

Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS