Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 28/03/2018

Cresol Central SC/ RS realiza atividade operacional com BRDE

A Cresol Central SC/RS realizou nesta quarta-feira (28/03) uma atividade operacional com o Banco de Desenvolvimento da Região Sul (BRDE).

Compartilhe

Compartilhe

A Cresol Central SC/RS realizou nesta quarta-feira (28/03) uma atividade operacional com o Banco de Desenvolvimento da Região Sul (BRDE), aonde participaram funcionários que trabalham na área de crédito das Cooperativas e da Central. Pela parte da manhã a atividade foi ministrada pela gerente adjunta de operações conveniadas do BRDE, Fernanda Costa Maia, que abordou sobre a operacionalização das linhas de investimento BDRE, contratações e forma de preenchimento do projeto técnico. Já pela parte da tarde o funcionário Alvair Fonseca abordou sobre as fiscalizações das operações e as novas normativas.
    Segundo o Diretor de Negócios, Braulio Zatti, todos os anos é realizada essa atividade no primeiro semestre do ano para avaliar o andamento do Pronaf e assim já se aproveita para fazer uma atividade técnica com o BRDE. Ele ressaltou a importância dessa parceria para o curso, no qual é possível trabalhar os acertos, erros, explicações técnicas e debater como melhorar a liberação do Pronaf investimento, agilidade e conhecimento, enfim proporcionar um maior aproveitamento. Zatti comenta que foram trabalhados assuntos com relação a atividades do ano, preparando para o Fórum do Crédito que será realizado em junho, para o roteiro de reuniões que será realizado nas cinco Bases Regionais, bem como para as equipes se organizarem para o novo Plano Safra. O objetivo é que todas as Cooperativas e Postos de Atendimento façam o lançamento no dia 02 de julho.
    Para Fernanda a parceria entre BRDE e Cresol Central é fundamental. “No Rio Grande do Sul é o nosso principal convênio e graças a essa parceria que o banco mesmo tendo apenas três agências, nas três capitais do Sul, consegue atingir 90% dos municípios. É a forma que o BRDE tem de levar crédito para atingir o maior número de municípios, gerando desenvolvimento e atendendo aos pequenos agricultores, os microempresários, enfim para poder desempenhar o seu papel. Então utilizamos os espaços das cooperativas de crédito da Cresol para fazer com que o dinheiro chegue nas localidades”, destaca Fernanda. Quanto ao Plano Safra, a expectativa, segundo ela, é de que haja queda de juros e aumento de recursos. 
 

 

Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS