Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 02/05/2018

Cresol Confederação assina Acordo de Cooperação Técnica com a Caixa de Economia Solidária Desjardins

Compartilhe

Compartilhe

A
Cresol Confederação assinou, no dia 30 de abril, paralelamente à
Assembleia Geral realizada em Chapecó (SC), um Acordo de Cooperação
Técnica com a Caixa de Economia Solidária Desjardins, a qual está
sediada em Quebéc, no Canadá. Este acordo, assinado pelo Presidente
da Cresol Confederação, Cledir Assisio Magri, e pelo
Diretor-presidente da Caixa de Economia Solidária Desjardins, Gérald
Larose, destina-se à conjugação de esforços para concepção e
realização de atividades de reflexões estratégicas, intercâmbio
de conhecimento e aprendizagem no que diz respeito aos temas
relacionados ao cooperativismo financeiro, à finança solidária, à
finança responsável, e ainda ao empreendedorismo coletivo. A
assinatura do termo também contou com a presença do Consultor
Sênior Solidariedade Internacional da Caixa de Economia Solidária,
Jean Bergevin.

Magri
descreve que o acordo de cooperação é um passo importante em vista
da troca de experiências, de conhecimentos e de informações. “O
Desjardins possui 118 anos de história e, a partir de todas as
experiências e a vivência desse Sistema, seguramente a Cresol
Confederação, por meio das suas Centrais, terá condições de
buscar experiências exitosas, situações positivas que deram certo
naquele Sistema e que possam ser adequadas e implementadas na nossa
realidade. Almeja-se, sobretudo, aprofundar o tema da governança, de
produtos e serviços e a gestão estratégica para o fortalecimento
da economia solidária. Celebramos esse convênio com muita alegria e
satisfação vislumbrando o futuro para o nosso Sistema”, pontua.

Sobre
a
Caixa de Economia Solidária Desjardins
A
Caixa é uma cooperativa de serviços financeiros criada em 1971,
para iniciar, apoiar, fortalecer e financiar iniciativas coletivas
para atender as necessidades das pessoas e das comunidades, sendo que
o modelo foi inspirado por experiências que foram observadas fora do
Québec. A Caixa acredita na importância de globalizar a
solidariedade, de agir para um mundo solidário e de construir uma
outra globalização. Além disso, um dos elementos da missão da
Caixa, aprovada em 2005, é de contribuir, com outros atores
nacionais e internacionais, ao desenvolvimento de um movimento de
finança solidária.