Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 24/04/2017

Cresol Credi Seara comemora 23 anos de constituição

A Cresol Credi Seara foi criada em 25 de abril de 1994, sendo a segunda cooperativa de crédito do seguimento da Agricultura Familiar – a primeira foi a Cresol Quilombo.

Compartilhe

Compartilhe

A Cresol Credi Seara foi criada em 25 de abril de 1994, sendo a segunda cooperativa de crédito do seguimento da Agricultura Familiar – a primeira foi a Cresol Quilombo. Segundo o diretor-presidente Valdir Magri, a falta de crédito e acesso bancário dos pequenos agricultores familiares foi um dos motivos pelo qual as lideranças locais e regionais criaram um movimento em prol da constituição de pequenas cooperativas locais (municipais) administradas por agricultores. Muitas instituições, deram aporte e incentivo para que esse sonho se realizasse como Apaco, Cepagro, Cepagri, Centro Vianei, Misereor, Movimentos Sindicais, pastorais e associações.
A Cresol Credi Seara foi uma criação desse movimento que iniciou em 1992, com lideranças locais envolvidas em todo o processo e com o apoio dos “Cemas”, que eram associações de agricultores. Em abril de 1994, com uma grande assembleia a Cresol Credi Seara foi constituída, prevendo em seu Estatuto Social um conselho consultivo que na época não fora aceito pelo Banco Central, tendo que ser retirado da redação. De acordo com Magri, o primeiro presidente, Gilso Giombelli, foi um dos líderes estratégicos para a articulação com os agricultores, lideranças e instituições na constituição da cooperativa. Na época, 22 sócios integralizaram juntos R$ 34,00 para iniciar o processo de criação. Em 18 de agosto do mesmo ano, o Banco Central autorizou o funcionamento da cooperativa que por vias de contabilidade e espaço físico definiu iniciar o atendimento em quatro de janeiro de 1995.
Em 2017 a Cresol Credi Seara completa 23 anos de constituição. “Com certeza Seara e região de abrangência, não seria o que é sem a Credi Seara. O desenvolvimento local teve um papel estratégico da Cooperativa que incluiu e fez crescer muitos agricultores que antes estavam a margem da sociedade”, destaca Magri. “Com o envolvimento consciente das lideranças e do quadro social, a Credi Seara cresceu junto com os associados de forma firme e eficiente. Sempre prezando pelo atendimento igualitário e de excelência, procurando oferecer todos os serviços bancários dos quais os associados necessitam”, reforça o diretor-presidente.
Atualmente a Cresol Credi Seara conta com 3.350 associados, com área de abrangência em Seara (sede), Paial, Itá, Arvoredo, Xaxim, Arabutã e Xavantina. Possui três Postos de Atendimento, localizados em Itá, Paial e Arvoredo. A população da área de abrangência é de 27 mil habitantes, sendo 10 mil na área rural. A base social da cooperativa são agricultores familiares, filhos de agricultores, pequenas empresas e outros públicos identificados com o projeto da cooperativa.
Envolvimento social e ambiental
 Além dos serviços bancários, a Cresol Credi Seara possui atuação a campo, com três técnicos orientando a aplicação de recursos, monitoramento dos empreendimentos, busca de novas atividades para os agricultores, bem como organização de atividades orientativas e produtivas. Além disso, na área social e ambiental a Cresol Credi Seara tem construído junto com as entidades do AF a Campanha Setembro Verde, sendo uma referência estadual. A campanha tem como objetivo a conscientização sobre o consumo consciente e o meio ambiente.
A Cooperativa também fomenta programas de bioconstrução, aquecedor solar, biodigestor, saneamento ecológico, filtragem lenta, montbeliarde, noz pecã, silo secador, uso do bambu, ervas medicinais, sementes crioulas, agroindústrias familiares, turismo rural, artesanato, fontes modelo Caxambu, queijo de leite cru, casas coloniais, entre outras atividades.
Segundo Valdir Magri, a Cooperativa está vivendo um grande desafio. “Sempre dentro de um contexto capitalista que desvirtua muitas entidades do caminho, procuramos manter nossa fiel missão do autêntico cooperativismo com a participação social e com uma visão futura das reais necessidades do quadro social e da conservação ideológica que dá rumo a sustentabilidade institucional”, frisa. “Os desafios estão presentes a cada dia e precisamos efetivamente dar respostas a cada um deles de forma satisfatória e imparcial. Deve estar em cada líder que só existimos porque há uma missão a cumprir sempre pelo associado que deve ser a base para qualquer decisão”, finaliza Magri. 
 

Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS