Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 30/03/2017

Cresol Itatiba do Sul desenvolve projeto Comunidade em Cooperação

A Cresol Itatiba do Sul e Emater, juntamente com administração municipal, Sutraf e Rádio Cultura, estão desenvolvendo o projeto “Comunidade em Cooperação” .

Compartilhe

Compartilhe

A Cresol Itatiba do Sul e Emater, juntamente com administração municipal, Sutraf e Rádio Cultura, estão desenvolvendo o projeto “Comunidade em Cooperação” que visa o embelezamento das comunidades. Este projeto tem por objetivo incentivar a cooperação entre os moradores da comunidade, resgatando os valores da cooperação, do antigo gesto de trocar dia de trabalho com o vizinho, dos puxirões (ou mutirões), além de motivá-los a melhorar a comunidade em que cada um convive, resultando em mais qualidade de vida e satisfação.
    O projeto teve início em junho de 2016, sendo que no primeiro momento foram reunidas todas as comunidades ligadas a alguma religião, totalizando 22 comunidades. Em agosto do mesmo ano iniciaram-se os trabalhos na primeira comunidade, Derrubadas, e até o momento três comunidades estão com seus trabalhos concluídos.
    Prioritariamente, o propósito do projeto é a construção de um “pórtico” de identificação da comunidade, mudas de plantas ornamentais, árvores de sombra, cercas, lixeiras e demais iniciativas, mesmo que simples, porém com bons resultados, aonde procura-se aproveitar materiais existentes nas comunidades.
    A parceria envolve equipe da Cresol local e Cresol Central SC/RS, Emater local e regional, administração municipal, Sutraf e Rádio Cultura. A Cresol repassa R$ 2.000,00 em produtos por comunidade e acompanha todos os trabalhos; a Emater auxilia nos trabalhos desde o início; a administração municipal com horas máquinas necessárias. Os demais são apoiadores.
    Conforme o diretor da Cresol e um dos responsáveis pelo projeto Ilário Teczak, o mesmo está trazendo ótimos resultados. Para as comunidades dando uma boa visibilidade no entorno com algumas melhorias, bem como a autoestima e valorização dos moradores e visitantes. Para as entidades e poder público é a aproximação maior entre a comunidade e as instituições locais. “ Conseguimos assim ficar ainda mais próximos das comunidades, pois estamos envolvidos diretamente nos trabalhos do dia a dia, na execução das tarefas. É muito bom ver as pessoas envolvidas e trabalhando para manter e melhorar a sua comunidade, conclui Ilário.
    O  desafio é neste ano de 2017 realizar os trabalhos em mais nove comunidades, finalizando todas em 2018. No final do projeto serão premiadas as comunidades que se destacaram na execução das tarefas.
 

Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS