Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 13/01/2017

Cresol Rio Fortuna comemora 11 anos de constituição

Em 2000 a Cresol Rio Fortuna iniciou como um Posto de Atendimento da então Cresol Santa Rosa de Lima e em 2006, tornou-se independente, comemorando neste sábado (14), 11 anos de constituição.

Compartilhe

Compartilhe

O objetivo em constituir uma Cooperativa de Crédito Rural no município de Rio Fortuna era para oferecer aos agricultores o acesso facilitado ao crédito orientado. Além disso, havia o sonho de ver os agricultores serem bem atendidos dentro de um estabelecimento financeiro e auxiliar no desenvolvimento local da comunidade.  Dessa forma, em 2000 a Cresol Rio Fortuna iniciou como um Posto de Atendimento da então Cresol Santa Rosa de Lima e em 2006, tornou-se independente comemorando neste sábado (14), 11 anos de constituição.
Embora surgindo como Posto de Atendimento, foram grandes os desafios. “Inicialmente tivemos uma sala e um funcionário cedidos pela Prefeitura Municipal de Rio Fortuna pelo período de um ano. Depois de alguns anos se passarem e muitos sócios terem acreditado na cooperativa nesse período, em 2006 devido seu crescimento tornou-se cooperativa independente. E deste dia em diante, continuou seus trabalhos e seu crescimento”, destaca a diretora-presidente, Miriane Dela Justina Moreira.
Atualmente a Cresol Rio Fortuna conta com 2.530 associados e além do município sede que possui 4.400 habitantes, atende os municípios de Braço do Norte e Grão Pará. Segundo Miriane, a Cresol se destaca em seu atendimento diferenciado, seu contato direto com o associado por meio de visitas, reuniões de comunidades e com os projetos sociais que são promovidos, sempre voltados ao sócio e a sociedade de modo geral. 
Conforme a diretora-presidente, nesses 11 anos de existência de forma independente a Cresol Rio Fortuna já enfrentou muitos problemas, dias difíceis e inclusive muitos questionamentos. “Mas sempre foi uma cooperativa que não deixou de pensar no bem estar do associado, na forma de superar os desafios e continuar crescendo e auxiliar o desenvolvimento local”, reforça. “Em 2012 quando assumi a cooperativa, tive a felicidade de ter ao meu lado um quadro de funcionários que me enche de orgulho e um conselho de administração que me dava força e que eu tinha plena confiança. Sempre trabalhando juntos para vencer cada obstáculo”, comenta Miriane. Depois de 2012 com a estabilidade financeira na cooperativa, pode ser implantado no município de Rio Fortuna os projetos sociais que hoje são de fundamental importância. Entre eles o “Caprichando a Morada”, “Noite Cultural” e recentemente o projeto “Natal Diferente”.  “Acredito que além de oferecer serviços financeiros, precisamos fazer o algo a mais por nossa sociedade. Hoje esses projetos sociais já são reconhecidos por todos os moradores e pelos órgãos superiores do município. Além de gerar boas parcerias com entidades locais”, frisa Miriane.
Para 2017 e anos posteriores, a diretora destaca que as cooperativas terão muitos desafios, entre eles ela destaca as alterações propostas pelo Bacen, as mudanças na política nacional, o crescimento da carteira de repasses, a crise financeira que ainda tem muitos reflexos, entre outros. “Mas diante desses desafios, sempre gosto de frisar: ‘que graça teria um dia de trabalho, se não tivesse nenhum desafio a ser vencido?’. A luta por vencer esses desafios, mostra o quanto somos fortes e perseverantes. Mas ressalto que todo desafio é mais suave a ser vencido, quando não se está sozinho”, finaliza.
 

Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS