Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 03/07/2017

Cresol Sicoper abre contratações do Plano Safra 2017/2018

Linhas de Custeio e Investimento estão disponíveis aos associados

Compartilhe

Compartilhe

Lançado no final de maio pelo Governo Federal, o Plano Safra 2017/2018 reafirma o compromisso de ampliar a produção de alimentos saudáveis, com crédito mais barato àqueles que produzem mais de 70% da comida que chega todos os dias às mesas das famílias brasileiras. Para a próxima safra, serão disponibilizados R$ 30 bilhões, sendo que os principais pontos do Plano foram pensados para estimular as práticas sustentáveis no meio rural, que levem ao manejo adequado do solo e dos recursos hídricos, bem como a produção de energia a partir de fontes renováveis.

A Cresol Sicoper tem como missão proporcionar o acesso facilitado ao crédito rural e, dessa forma, inicia as contratações do Plano Safra 2017/2018, nesta segunda-feira, dia 03, almejando expandir a capacidade produtiva dos cooperados. Para José da Silva, Diretor-Presidente da Central Cresol Sicoper, o Plano Safra, na condição de política agrícola, vem no sentido de viabilizar a produção dos agricultores. “Nossas Cooperativas e Postos vão realizar ações de lançamento com parceiros, assegurando agilidade na utilização dos recursos pelos associados. Historicamente, a Cresol tinha a prática de liberar somente em setembro; no entanto, este ano, saímos já em julho com as liberações.” Silva ainda avalia que esta política precisa de avanços, mas que tem permanecido estável, com alterações que não implicam em mudanças para o cooperado. “Depende de nós, apresentar demanda, principalmente no Pronaf Jovem, Pronaf Mulher e Pronaf Agroecologia, incentivando sua procura, objetivando ir além do crédito, abrangendo a assistência técnica e também a sua comercialização”, ressalta o Diretor.

Sobre o Plano Safra
O Plano foi instituído em 2003 e reúne um conjunto de políticas públicas que abrangem os serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural, crédito, seguro da produção, garantia de preços, comercialização e organização econômica das famílias residentes no campo.

A cada lançamento, o Plano Safra é aperfeiçoado e foi pensado para interagir da melhor forma com o agricultor familiar e suas necessidades, além de criar melhores oportunidades para o desenvolvimento no meio rural. A inclusão do Selo da Identificação da Participação da Agricultura Familiar (Sipaf), do Seguro da Agricultura Familiar (SEAF) e do Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF) são alguns exemplos desse aprimoramento nos últimos anos.

Fonte: MDA