Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 08/01/2014

Evento

Cresol promove Feira do Campo neste mês de janeiro
Evento

Compartilhe

Compartilhe

As cooperativas pertencentes à Base Regional no Sudoeste do Paraná, juntamente com a Central Cresol Baser promovem neste mês de janeiro em Itapejara D’Oeste para realizar a Feira do Campo, um evento que tem o objetivo de reunir os agricultores familiares, conhecer novas técnicas de produção, novas tecnologias e parcerias para facilitar a vida no campo.

A primeira edição da Feira do Campo Cresol, vai acontecer nos dias 22 e 23 de janeiro em Itapejara D’Oeste, Sudoeste do Paraná, e o espaço que está sendo preparado para a feira é a propriedade do agricultor familiar e cooperado da Cresol Raul Dallagnol. A feira terá uma programação que vai contar com exposição, palestras, campos experimentais, área de atividade leiteira, piscicultura, pomares, grãos e animais e terá 29 empresas parceiras. Tudo com o objetivo de promover a agricultura familiar.

Todos os agricultores familiares e a comunidade estão convidados, e para a inscrição basta levar um quilo de alimento não perecível até a Cooperativa Cresol no seu município até o dia 15 de janeiro. “A feira é uma forma de valorizar o agricultor e uma oportunidade para ele conhecer a experiência de outros municípios”, comenta o presidente da Cresol Itapejara D’Oeste, Valdir Lazaretti,.

A Feira do Campo irá acontecer na propriedade de Raul Dallagnol, que também topou o desafio de se tornar uma propriedade modelo da Agricultura Familiar. O presidente da Base Sudoeste, Valmor Sangaletti, afirma que o principal objetivo é resgatar os princípios da Agricultura Familiar. “Durante a feira, passarão em média duas mil pessoas por dia. Nós temos 10 bases da Cresol no país e todas elas se comprometeram a contribuir com novidades ao evento”, comenta Valmor.

O Presidente da Central Cresol Baser, Alzimiro Thomé que é agricultor familiar e reside em Itapejara do Oeste, também destaca a iniciativa do Sistema e da Base e lembra a importância que o evento também marca as comemorações do Ano Internacional da Agricultura Familiar celebrado agora em 2014. “Atividades como estas que valorizem e motivem cada vez mais o trabalho do agricultor em sua propriedade certamente merecem todo o destaque, hoje o campo não é apenas um local de produção, mas de opção de vida e oportunidades, e a feira vai mostrar tudo isso e muito mais”, diz Thomé.

A propriedade modelo

A escolha da propriedade de Raul Dallagnol como modelo foi devido à aceitação da família. “Eles toparam o desafio que será implantado nos próximos cinco anos. É uma propriedade de fácil acesso e será feito um comodato com a família. Na segunda edição já poderemos avaliar os erros e acertos e melhorar até o final da meta”, adianta Valmor Sangaletti.