Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 22/05/2013

Fortalecimento

Plano Safra completa dez anos de investimento na Agricultura Familiar
Mockup Celular no Pix Cresol app

Compartilhe

Compartilhe

Todo ano, o Ministério do Desenvolvimento Agrário lança o Plano Safra da Agricultura Familiar, com vigência de julho a junho do ano seguinte. O mês de divulgação é estrategicamente escolhido para se adequar com o início do calendário da safra agrícola brasileira. Desde 2003, quando foi instituído pela pasta, o Plano reúne um conjunto de políticas públicas que abrangem os serviços de assistência técnica e extensão rural, o crédito, a cobertura de renda no seguro, a garantia de preços, a comercialização e a organização econômica das famílias residentes no campo.

A cada lançamento, o Plano é também aperfeiçoado. Interação que permite ao agricultor familiar usufruir de melhores oportunidades e condições de crescimento. A inclusão do Selo da Identificação da Participação da Agricultura Familiar (Sipaf), do Seguro da Agricultura Familiar (Seaf) e do Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF), são alguns exemplos desse aprimoramento.

O Plano Safra da Agricultura Familiar, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), completa dez anos e foi planejado para fortalecer as organizações econômicas da agricultura familiar e estimular a produção sustentável, o Plano concentra uma série de medidas que incluem desde os financiamentos de projetos individuais e coletivos até o acesso aos mercados de compras institucionais.

“Nesses últimos dez anos, há um reconhecimento claro de valorização da agricultura que representa a grande maioria dos estabelecimentos agrícolas no Brasil. O Plano Safra cresceu nos instrumentos e na segurança dos créditos. Hoje, são aproximadamente dois milhões de famílias que se beneficiam com essas políticas”, considera o secretário da Agricultura Familiar do MDA, Valter Bianchini.