Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 19/05/2017

Lideranças debatem sobre agricultura familiar

Desenvolvimento rural sustentável, ofensiva do capital sobre a classe trabalhadora, políticas públicas e papel da agricultura familiar foram temas debatidos durante o Encontro de Lideranças.

Compartilhe

Compartilhe

    Desenvolvimento rural sustentável, ofensiva do capital sobre a classe trabalhadora, políticas públicas e papel da agricultura familiar foram temas debatidos durante o Encontro de Lideranças da Agricultura Familiar de Santa Catarina, promovido pelo Fórum Estadual de Entidades da Agricultura Familiar, nestes dias 18 e 19 de maio em Colônia Bacia/Chapecó. Ainda no final do evento foi realizada a leitura e aprovação do Manifesto da Agricultura Familiar de Santa Catarina.
    Um dos palestrantes, Antônio Andrioli, vice-reitor da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), criada pela luta dos movimentos sociais, destacou que a agricultura familiar tem futuro. “Se der a pior crise que existe, o agricultor é o único trabalhador que terá o alimento em abundância”, comentou. Ele ainda enfatizou a importância da agroecologia para os agricultores familiares e da valorização do próprio agricultor com relação ao seu trabalho. “Tem comunidades do interior que às vezes fazem festas e não tem suco natural. A moda é tomar refrigerante. Enquanto na cidade querem suco natural. Então inverte-se a lógica, porque não se dá o devido valor ao que se produz”, disse Andriolli.
    Durante o evento também foi organizada a Banca de Sementes Crioulas e Energias Renováveis. Esta última organizada pela Coopertec e Cresol Central SC/RS.
     
Confira as fotos do evento em nosso facebook.

 

Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS