Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 10/05/2018

Multiplicadores que participaram de formação na Cresol Central possuem o desafio de continuar o processo

Com a participação de 21 funcionários/as de diferentes Cooperativas do Sistema Cresol Central SC/RS encerrou nesta quinta-feira (10/05) a segunda etapa de formação do Cresol Aprende Multiplicadores/as Caixa e Crédito 2018.

Compartilhe

Compartilhe

    Com a participação de 21 funcionários/as de diferentes Cooperativas do Sistema Cresol Central SC/RS encerrou nesta quinta-feira (10/05) a segunda etapa de formação do Cresol Aprende Multiplicadores/as Caixa e Crédito 2018. Esses funcionários, articulados pelas respectivas Bases regionais, promoverão, após esta etapa, ações de formação nas suas regiões.
    Para o funcionário da Cresol Formosa do Sul, Rogério Lanzarin, foi uma experiência ótima e só tem a agradecer por ter sido escolhido pela cooperativa para participar. “É um momento de aprendizado em todos os sentidos. Nessa semana, especialmente, foi ainda mais específico, sobre alguns assuntos que vem de encontro com a necessidade nossa e dos nossos colegas. Tenho certeza que é um anseio de todos, de alguns assuntos que a gente tem dificuldade no dia-a-dia e que agora vai ajudar melhorar os processos”, destacou. “Então viver isso na prática aqui foi muito importante, vamos poder melhorar no nosso cotidiano e consequentemente as cooperativas que fizemos parte”, avaliou.
    “Foi um processo muito desafiador”, avaliou por sua vez a funcionária da Cresol Jaguaruna, Laize Coelho. “Trabalhou muito nosso emocional, o pessoal, o nosso relacionamento com os colegas, então foi muito construtivo. Aliás, primeiro foi desconstrutivo, muitas coisas que vimos, não tínhamos noção de como acontecia, mas foi muito importante para o crescimento pessoal, vai ajudar muito no relacionamento das equipes, até mesmo com associados e com nossos diretores”, relatou. Laize também considerou muito importante a parte específica. “Éramos carentes nessa parte operacional. Muita coisa será levada para as cooperativas. Vai resolver muitos problemas e vai ajudar na evolução da Cooperativa como um todo. A comunicação com os PAs acredito que vai melhorar. Às vezes os problemas se concentram muito na sede e pelo PA não passar por esse problema, não vai ter a dúvida e saber como melhorar aquilo também. Assim, estudando o todo possivelmente vamos ajudar também os PAs em seu crescimento, em cada comunidade que são bem diversificadas, distantes uma das outras”, argumentou.
    As atividades específicas que Rogério e Laize comentaram trata-se do que foi desenvolvido na quarta-feira (09/05) em que os participantes estiveram em atividades de acordo com suas funções, ou seja, os que atuam como caixa com atividade formativa direcionada a sua atuação e os operadores de crédito trabalhando temas relacionados às linhas de recurso próprio e cálculos financeiros.
    Quanto ao processo de multiplicar, Laize reforçou que é mais desafiador ainda, mas ao mesmo tempo é muito prazeroso saber que as cooperativas confiaram nessas pessoas para fazer parte desse procedimento que depois será multiplicado com os demais colegas. “Como a Laize comenta, temos o desafio muito grande, porque acho que foi unânime entre os participantes que a formação foi muito boa, todo mundo gostou. Então queremos que os nossos colegas lá na Cooperativa também sintam-se assim”, ressaltou Rogério. “Só que isso parte de nós conseguirmos que eles tenham essa vivência que tivemos aqui. Os colegas seguraram as pontas lá na Cooperativa, enquanto tivemos fora, então o desafio nosso é proporcionar isso para eles e perceber que valeu a pena nossa vinda para cá. É um desafio enorme, só temos a nos preparar para atender esse objetivo. Todos estão esperando por isso”, acrescentou.
    Laise ainda aproveitou para agradecer a acolhida na Cresol Central. “Fomos muito bem recebidos. Eu nunca tinha vindo para cá e achei muito bom. Somos tratados com igualdade. Isso foi muito bom”, finalizou.
 

Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS