Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 17/12/2014

Políticas Públicas

Governo do Espírito Santo abre chamada pública para aquisição de alimentos da agricultura familiar
Políticas Públicas

Compartilhe

Compartilhe

Agricultores familiares organizados em cooperativas e associações poderão vender seus produtos para a Secretaria de Estado da Educação (Sedu) do Espírito Santo. Está aberta a Chamada Pública para a aquisição de produtos alimentícios da agricultura familiar que serão destinados à alimentação dos alunos matriculados na rede estadual de ensino. O prazo para inscrições vai até 9 de janeiro de 2015.

De acordo com o gerente geral de apoio escolar da Sedu, Alexandre Aquino, a ação é positiva em vários quesitos. “O alimento que chega, devido ao tipo de produção, de estocagem e entrega, tem mais qualidade. Comprando da agricultura familiar estamos fomentando a atividade do campo, gerando renda para os agricultores”, afirma.

A previsão é de que pelo menos 2,5 mil famílias de agricultores sejam beneficiadas por meio de 13 cooperativas e duas associações. Alexandre explica que cada produtor poderá vender até R$ 20 mil em mercadorias durante o próximo ano. O estado já compra 34 tipos de produtos diferentes da agricultura familiar. “São alimentos dentre estocáveis, perecíveis e hortifruticultura. Temos arroz, feijão, batata, requeijão, leite, polpa de fruta, mel, peixe”, exemplifica.

Os alimentos adquiridos serão fornecidos para as escolas de março a novembro de 2015. A ação pretende atender os 78 municípios capixabas. A previsão é de que serão beneficiados 182 mil alunos matriculados em 361 escolas estaduais.

Pnae

Esta é a quarta chamada publica no estado para aquisição de alimentos da agricultura familiar para a merenda escolar que atende às normas previstas no Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).

Em 2014 foram empregados mais de R$ 7 milhões em aquisição de produtos da agricultura familiar, que corresponde por volta de 40% dos recursos repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação para execução da alimentação escolar.

Em 2012, a primeira chamada pública atendeu 236 mil alunos de 450 unidades de ensino da rede pública estadual, localizadas em 55 municípios.

Mais informações no site da Sedu/ES.