Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 21/08/2017

Projetos de alunos de Escola de Arabutã são classificados em feiras

A Cresol Ipumirim apoiou os projetos da Escola de Educação Básica Arabutã em feiras realizadas na quinta-feira, sendo que dois trabalhos foram classificados.

Compartilhe

Compartilhe

A Cresol Ipumirim apoiou os projetos da Escola de Educação Básica Arabutã na Feira de Ciências e Tecnologia, Matemática e a Mostra de Iniciação Científica (MOCISC) que foram realizadas na quinta-feira (17/08). Essas feiras têm como objetivos divulgar a produção dos alunos, incentivar o desenvolvimento de projetos interdisciplinares que possam trazer desenvolvimento sustentável e ainda, selecionar os trabalhos que seguirão para a etapa estadual. Dois trabalhos da escola de Arabutã foram classificados para etapas seguintes.
O projeto “Fornalha de aquecimento: evitando a inapetência e a hipotermia das tilápias” seguirá para a etapa estadual da Feira de Ciências e Tecnologias que será realizada em Florianópolis nos dias 18 e 19 de outubro.  O referido trabalho teve como objetivo diminuir a mortandade das tilápias dos açudes no inverno, permitindo aumentar o lucro das famílias que dependem deste meio de sobrevivência no município de Arabutã, pois nesta região o inverno é rigoroso.
Já o trabalho “Terremotos no Brasil: é possível?” foi classificado para a segunda etapa da Mostra de Iniciação Científica da Universidade do Contestado (MOCISC) que será realizada em 26 de outubro em Concórdia. O referido estudo busca investigar se os terremotos ocorrem no Brasil e sua intensidade. A partir disso, aconteceram estudos referentes ao tema nas aulas de geografia e ciências através de discussões, produções e pesquisas sobre a estrutura da litosfera, porque ocorrem terremotos, e a busca do entendimento de como os fatores endógenos da terra interferem na superfície terrestre. Buscou-se também conhecimentos que permitem a prevenção de possíveis acidentes e catástrofes. Para uma melhor compreensão confeccionou-se uma maquete para representar o fenômeno e um globo terrestre mostrando a estrutura interna da Terra, o que permitiu entender, que no Brasil ocorrem apenas terremotos interplacas de pequenas intensidades.

 

 

 

 

Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS