Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 24/08/2015

Pronaf completa 20 anos

No dia 24 de agosto a Cresol comemora os 20 anos do Pronaf como um agente que acompanhou o surgimento e desenvolvimento do Programa

Compartilhe

Compartilhe

Uma esperança de acesso ao crédito, de permanência na propriedade e da continuidade da agricultura familiar: foram esses os sentimentos dos agricultores com o surgimento do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), em 1995. Uma época de crise onde a agricultura familiar brasileira se encontrava defasada, descapitalizada, desestruturada e composta por agricultores que não tinham acesso ao crédito e a instituições financeiras. Diante de tantas dificuldades para se manter no campo os agricultores se organizam em Sindicatos e Federações, realizaram caminhadas, manifestações, invasões a prédios públicos e diversas ações com o intuito de chamar a atenção do governo para a realidade da agricultura familiar.

O Pronaf surge como uma resposta as reivindicações dos agricultores familiares e mesmo representando uma conquista, ele ainda não atendia a todas as necessidades e também não era acessível a todos os agricultores. Os juros ainda eram altos e grande parte dos agricultores não possuía conta em bancos o que dificultava o acesso. E é neste cenário de conquista, mas também de dificuldades que surgem as primeiras Cooperativas do Sistema Cresol Central com o intuito de facilitar o acesso ao crédito.

Com uma cooperativa que é dos associados ficava mais fácil, do agricultor que nunca teve relacionamento com as instituições financeiras tradicionais, adquirir crédito para viabilizar a lavoura, como relata o associado da Cresol Quilombo, Luiz Carlos Steffens “ o Pronaf e a Cresol facilitaram muito o acesso ao crédito e a permanência na propriedade, tanto que eu continuo sendo sócio da Cooperativa até hoje”, declara Steffens.

Os primeiros contratos de Pronaf liberados pelas Cooperativas Cresol ocorreram em 1998 iniciando com as operações de custeio que facilitaram a viabilidade da safra aos agricultores. Um dos primeiros agricultores a acessar o Pronaf custeio na Cresol foi o associado da Cresol Jacutinga, Valdir Sagali, que a partir do acesso a este recurso teve a oportunidade de começar a produzir por conta própria. “Antes como não tinha recurso plantávamos em parceria com o vizinho que tinha trator e dinheiro para a compra de sementes e insumos e no final da safra dividíamos as despesas e os lucros, essa era a solução encontrada para poder produzir alimentos”, relembra Sagali.

Já as operações de Pronaf Investimento só iniciaram na Cresol em 2001, através de uma parceria com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), que possibilitou que o agricultor não só financiasse a produção, mas investisse na propriedade para melhorar a produção e a renda. Fato que ocorreu com Steffens que com um crédito de seis mil reais conseguiu adquirir seis novas matrizes de leite e aumentar a produção em aproximadamente 40%. “Nós já trabalhávamos com leite e queríamos melhorar, mas sozinhos não tínhamos condição, foi então que conseguimos acessar o Pronaf e impulsionar a produção de leite e tornar ela a principal atividade da propriedade”, comenta Steffens.


Os Associados da Cresol Jacutinga e Quilombo, Sagali e Steffens, são apenas duas experiências de agricultores fortalecidos pelo acesso ao crédito em um universo de mais de cem mil associados da Cresol Central que ao longo dos 20 anos do Pronaf tiveram apoio para permanecer no campo, aumentar a produção e proporcionar mais qualidade de vida a sua família, como destaca o diretor de Negócios da Cresol Central, Braúlio Zatti. “Ao longo dos 20 anos o Pronaf proporcionou muitas mudanças na agricultura familiar, como a modernização das propriedades, a qualidade de vida para toda a família e a inclusão da mulher e do jovem como agentes no campo e gestores da propriedade. Sabemos que ainda precisamos levar essas melhorias para outras regiões como o Nordeste, mas não podemos negar que o Pronaf tem um papel fundamental para a continuidade da agricultura familiar”, destaca Zatti.

São essas conquistas e melhorias adquiridas nos 20 anos do Pronaf que incentivam o Sistema Cresol Central a continuar batalhando pelo acesso ao crédito e melhoria na qualidade de vida da agricultura familiar.

 

Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS