Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 29/08/2016

Sócio da Cresol PA Passo Fundo aposta nas plantas medicinais para uma vida saudável

Seu João explica que em 2006 foi criada em Passo Fundo a Pastoral da Saúde com o objetivo de se criar um horto medicinal, o que se concretizou seis anos depois.

Compartilhe

Compartilhe

João Maria Cardoso da Silva, sócio da Cresol PA Passo Fundo, que inclusive ajudou a construir a cooperativa no município gaúcho, ama a natureza. O pai de João já fazia remédios em panelas de ferro. “Somente depois que o pai faleceu, passamos a dar valor as plantas medicinais, que tínhamos que preservar”, conta. A partir dessa paixão pelas plantas e natureza, passou a fazer cursos que abordavam a agroecologia.
Seu João explica que em 2006 foi criada em Passo Fundo a Pastoral da Saúde com o objetivo de se criar um horto medicinal, o que se concretizou seis anos depois. Recentemente, o horto recebeu o certificado do Conselho Federal de Fitoterapia.
O início não foi fácil. O grupo que organizou a Pastoral e o horto encontrou dificuldades. “O povo não acreditava nas plantas. Achava que chás não adiantavam. Preferiam procurar somente a farmácia e o Posto de Saúde”, lembra João. Outro desafio foi o de encontrar as mudas. Algumas tiveram que ser procuradas à quilômetros de distância de Passo Fundo. Ele salienta os problemas que a agricultura convencional baseada em agrotóxicos e transgênicos causam à natureza, inclusive às plantas medicinais. João defende o resgate das mesmas e também das sementes crioulas.
João também fez um estudo profundo sobre as plantas medicinais, pois conforme ele, deve haver precisão no conhecimento das mesmas. Não se pode trabalhar com achismos. Ele também reforça que deveria se investir mais em Pastorais da Saúde. “Os hospitais estão abarrotados e nós temos como ajudar o povo com as plantas medicinais”, frisa.
 

Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS