Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 31/03/2016

SONHOS SE TORNANDO REALIDADE

Compartilhe

Compartilhe

“O sertanejo antes de tudo é um forte”. As palavras vindas do escritor Euclides da Cunha, traduz com orgulho o sentimento de Adaías dos Santos Silva, comerciante e pecuarista de 30 anos, casado e pai de dois filhos. Morador da comunidade de Pereira, município de Santa Luz e cooperado da ASCOOB, Adaías destaca que a cooperativa é responsável pelas mudanças decorridas na sua propriedade “a ASCOOB é parceira forte” disse ao lembrar a primeira linha de crédito acessada no ano de 2012. Filiado desde junho de 2010, ele recorda que do primeiro crédito, um capital de giro para investimento no comércio e na propriedade. A partir do crédito, Adaías custeou 30 horas de máquina para à ampliação da aguada na sua propriedade, utilizada na criação de bovinos. “Desde pequeno que eu penso em permanecer aqui no Pereira, não tenho paixão pela cidade grande, minha ideia é ficar por aqui e ajudar a comunidade e a minha cidade a crescer, já fui a São Paulo em busca de trabalho e as portas de lá não se abriram para mim. Aqui sim, pretendo ficar e investir” afirma o cooperado. A Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) permitiu ao produtor a chance de continuar estruturando a criação de bovinos e a venda do leite. Questionado sobre a comercialização dos animais, Adaías destaca que nos finais de semana comercializa aproximadamente 400 kg de carne, “eu crio, corto e vendo aqui mesmo no Pereira”, pontua o pecuarista. Ainda com o recurso do Pronaf, o produtor também começou a investir na piscicultura e suinocultura e segundo relata, será escavado mais dois tanques para a criação de tilápia e tambaqui, “eu pretendo fazer um investimento grande na piscicultura, pois tem um retorno muito bom e o mercado hoje pelo que a medicina propõe na redução de carne vermelha, ajuda o produto a ser bem vendido.” destaca Adaías. Seguro dos seus propósitos lembra que buscou tomar formação em criação de peixe através de um curso e que futuramente tem e pretensão abastecer o mercado local e outras cidades próximas. A criação de suínos é outra opção em que cooperado encontrou para abastecer o mercado local. Segundo o agricultor, o investimento do custeio também possibilitou a construção de uma pocilga e um local para guardar a ração dos animais. Ele lembra que a ideia de estruturar a criação de suínos foi também incentivada e orientada pelo agente de microcrédito da ASCOOB, que sempre visita sua propriedade. Graças ao crédito e as orientações na propriedade, os animais estão sendo mais bem manejados, “eles já bebem água em recipientes adequados, não preciso me preocupar, tem tudo organizado.” acrescenta Adaías. O QUE SE ESPERA PARA O FUTURO? Futuramente eu espero estabilidade financeira! “A ASCOOB tem sido uma parceira muito forte na contribuição para fazer tudo isso, quero sim alcançar novas linhas de crédito para continuar investindo na propriedade e no comércio e esse pedacinho de chão é abençoado, graças a Deus.”, enfatiza emocionado Adaías.