Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 09/05/2018

Técnicos do BNDES visitam Cresol Central SC/RS

Durante a semana passada, de 02 a 04 de maio, a Cresol Central SC/RS recebeu em sua sede administrativa os representantes da Área de Crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Compartilhe

Compartilhe

Durante a semana passada, de 02 a 04 de maio, a Cresol Central SC/RS recebeu em sua sede administrativa os representantes da Área de Crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O objetivo da visita foi a renovação da classificação de risco da Cresol Central SC/RS. Os técnicos também visitaram uma das Cooperativas Singulares do Sistema, a Cresol Xavantina, bem como propriedades rurais e agroindústrias da agricultura familiar que buscaram crédito junto ao banco. Duas das propriedades visitadas investiram em suínos – terminação e outra foi uma agroindústria de embutidos.
        Estiveram presentes Alexandre Hilmario de Oliveira Siqueira, Adriana Rosa de Souza Freire, Diogo Gonçalves Veras de Morais e William do Nascimento Pires do Departamento de Risco de Crédito de Instituições Financeiras e Entes Públicos da Área de Crédito do BNDES.
        William do Nascimento Pires destaca que esta foi uma visita técnica de risco de crédito, uma das etapas da revisão de risco da Cresol SC/RS perante o BNDES, cujo objetivo principal foi avaliar os processos, sistemas e a gestão da Cooperativa Central, sua estratégia, esclarecer algumas dúvidas específicas in loco e conversar um pouco com os diretores. Destacou que também foi muito válida a visita in loco a algumas propriedades para conhecer alguns beneficiários, os proprietários rurais que receberam os recursos e a efetiva aplicação dos mesmos. Também ressaltou que as visitas ajudam a compreender cada vez mais a gestão da Cooperativa Central, sua relação com as singulares e com os cooperados.
        Outro fator que Nascimento apontou como positivo é a inclusão financeira que as cooperativas proporcionam, permitindo que o pequeno produtor rural acesse crédito para fomentar seus negócios. “Conseguimos a partir dessa visão de risco de crédito aprofundar nosso entendimento da carteira da Cresol Central SC/RS desde a originação até a aplicação final do recurso”, avaliou. “O papel das cooperativas como indutoras de crescimento e desenvolvimento regional ficou bem evidenciado, tanto via inclusão financeira quanto via concessão de crédito. O caminho do desenvolvimento regional passa com certeza pelo papel das cooperativas que conseguem bancarizar e fomentar o crédito local”, finalizou.
        Já Diogo Gonçalves Veras de Morais mencionou a criação do Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop) como algo muito importante para as Cooperativas. O FGCoop proporciona ainda mais tranquilidade e segurança aos sócios, às instituições cooperativas, a exemplo da Cresol. O fundo, criado em 2014, garante depósitos das cooperativas singulares de crédito captadoras e dos bancos cooperativos até o limite de R$ 250 mil. Tem como objetivo contribuir com a estabilidade do Sistema Financeiro Nacional, exclusivo e específico para o Sistema Nacional de Crédito Cooperativo garantindo depósitos e viabilizando a assistência financeira a instituições com eventuais dificuldades de liquidez.
        Para finalizar, Veras deixou um recado aos cooperados: “participem das cooperativas, fiscalizem, participem nas assembleias, a cooperativa é de vocês e é muito importante uma cooperativa sólida, capitalizada. Capitalizem mais que é importante para a cooperativa que quanto maior, mais oportunidade terá para vocês”.
 

Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS