Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 25/03/2022

Agricultura Familiar mostra sua força na Expoagro Afubra

Cooperados apresentam seus produtos e ampliam relações comerciais
Agroindústrias

Compartilhe

Compartilhe

A Expoagro Afubra, que está em sua 20ª edição, e que acontece de 23 a 26 de março, é uma vitrine para mostrar à agricultura familiar novidades de máquinas, equipamentos agrícolas e outras tecnologias que visam desenvolver e alavancar o setor. Mas, também, é uma oportunidade para mostrar a produção dos agricultores, sendo que um dos espaços que se destaca no evento realizado em Rincão del Rey, em Rio Pardo (RS), é o Pavilhão da Agricultura Familiar, onde agroindústrias e empresas expõem e vendem seus produtos.

A feira teve início em 2001, mas foi em 2006 que iniciou a participação do espaço da Agricultura Familiar na Expoagro Afubra. Inicialmente, os espaços eram desmontáveis, mas, em 2019 foi inaugurado o pavilhão 01, com 1.500m². Já, na edição deste ano foi inaugurado o segundo pavilhão, totalizando em mais de 3,4 mil m² de espaços para comercialização de produtos. Os pavilhões comportam 220 expositores, sendo que, nesta edição, são 197 da agricultura familiar.

Entre os produtores expondo na feira, constam cooperados Cresol, que aproveitam a oportunidade para expandir as vendas e proporcionar visibilidade às suas marcas. É o caso da Queijaria Celeiro, de Ivanor Luis Schmidt, associado a Cresol de Santo Cristo. A família atua na linha de produção de queijos temperados e tradicionais, bem como de bebida láctea, leite barriga mole (saquinho) e nata no município gaúcho de Crissiumal, onde está instalada a agroindústria. A empresa existe há dois anos, contando desde o começo com a parceria com a Cresol. “Estou extremamente feliz com a participação na Expoagro Afubra, pela visibilidade que a feira traz para a agricultura familiar, bem como, pelo grande número de visitantes que acreditam na classe e adquirem nossos produtos. Em apenas dois dias, comercializei a maior parte da produção para a feira, o que mostra o resultado positivo e o sucesso do evento”, comentou Ivanor.

Queijaria Celeiro, de Ivanor Luis Schmidt

Também estão presentes na feira, pela primeira vez, os associados da Cresol de Canguçu do Sul, Mauro e Marileia Holz, que divulgam seus produtos da agroindústria familiar Nova Gonçalves Viver Camponês. A agroindústria foi constituída em 2008, pelas mãos dos sócios-proprietários Marcio Brauch, Renato Rutz, Mauro Holz e Marileia Holz, e, desde então, conta com as soluções financeiras da Cresol. Na feira, divulgam seus doces produzidos a base de cana, como melado tradicional de cana, melado com melancia, pessegado, entre outros.

A participação deles acontece com o auxílio da Emater/RS-Ascar e da Prefeitura de Canguçu do Sul. Mauro e Marileia avaliam a presença como um importante passo para a empresa, podendo mostrar seus produtos para os visitantes de todo o estado. “Nosso objetivo aqui, além de divulgar nossos produtos, é mostrar a força da agricultura familiar de Canguçu do Sul, tendo em vista a grande representatividade dela na economia do município, do estado e do país”, destacou Mauro.

Nova Gonçalves Viver Camponês, de Mauro e Marileia Holz

Dentre os expositores da agricultura familiar, um deles chama a atenção por suas embalagens coloridas e uma decoração com pelúcias de esquilo. A Skyllo Nozes, de Rogério Bilhan e Vera Lucia Schubert, está há 22 anos no mercado, com nozes embaladas a vácuo e produtos como rapadura de nozes, nozes caramelizadas, entre outros. De Arroio do Tigre, os associados Cresol participam pela primeira vez da feira com os produtos à base de nozes, mas já estiveram em outra edição com artesanatos produzidos pela Vera Lucia, esposa de Rogério.

“Nossa empresa possui mais de 3 hectares destinados somente à plantação de nozes. Ainda, fornecemos mudas e oferecemos assistência técnica para mais de 250 produtores, que plantam e cultivam as nozes e posteriormente, comercializam para a Skyllo”, destacou Bilhan. O casal destaca sua participação como algo fundamental para a empresa, tendo em vista que a comercialização dos seus produtos é realizada em todo estado. “Estar aqui é importante para mostrar a força da agricultura familiar e a diversificação de produtos que existe dentro desse grupo, como a Skyllo Nozes”, encerra Rogério.

Skyllo Nozes, de Rogério Bilhan e Vera Lucia Schubert