Acesse sua conta
Acessar conta
Publicado em: 24/04/2009

Secretário de Agricultura Familiar se reúne com cooperativas para explicar alterações no Pronaf

Compartilhe

Compartilhe

O secretário de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário (SAF/MDA), Adoniram Sanches Peraci, participa na próxima sexta-feira (24), em Curitiba, do Fórum Técnico de Crédito Rural. O evento será realizado a partir das 9 horas, na sede da Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Sistema OCEPAR).

Participam da abertura do evento o ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), Paulo Bernardo Silva, o presidente da OCEPAR, João Paulo Koslovski, o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Paraná (SEAB), Valter Bianchini e o delegado Federal do MDA, Reni Denardi.

O evento, promovido pelo Sistema OCEPAR, visa promover a discussão dos financiamentos de custeio e investimentos vinculados ao Pronaf, bem como os procedimentos para enquadramento das cooperativas e cooperados ao programa. Participam gerentes e profissionais dos departamentos agronômicos de cooperativas agropecuárias e de diversas cooperativas de crédito rural, bem como agentes financeiros públicos e privados.

Mais incentivo para cooperativas

No encontro, o secretário de Agricultura Familiar do MDA vai falar sobre o tema Crédito Rural, abordando as alterações do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e as condições para o enquadramento das cooperativas da agricultura familiar.

No final de março, o Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou uma série de alterações e novidades do Pronaf. Dentre elas, as ampliações do limite de crédito para as cooperativas acessarem os financiamentos, que passou de R$ 2 milhões para até R$ 5 milhões, e do patrimônio líquido, cujo limite também foi aumentado de R$ 3 milhões para R$ 50 milhões.

No que se refere à comercialização do produto, a linha de crédito do Pronaf, antes limitada a R$ 2 milhões, passou também a ser de R$ 5 milhões para cooperativas individuais, e de R$ 10 milhões para centrais de cooperativas. Das 81 cooperativas agropecuárias do Paraná representadas pela OCEPAR, 61 delas poderão ser beneficiadas por essas medidas.

O Conselho Monetário Nacional também aprovou a inclusão de novas culturas na linha de crédito Mais Alimentos. Agora, produtores de café, gado de corte, suinocultura e avicultura também podem buscar financiamento de investimento de até R$ 100 mil por família, com 2% de juros ao ano, 3 anos de carência e 10 anos para pagar. Tudo para modernizar sua propriedade. A linha de crédito Mais Alimentos já incluía projetos associados à produção de olerícolas, frutas, arroz, feijão, milho, mandioca, trigo, leite e de caprinos e ovinos.